Vasco faz ACORDO para pagar dívida da compra de Piton

Clube entrou em acordo para quitar dívidas com Corinthians

Na última terça-feira (19), o Vasco formalizou um acordo com a Elenko Sports para quitar as dívidas relacionadas à aquisição de Lucas Piton junto ao Corinthians. Nesta quinta-feira (21), o ge.globo divulgou detalhes dos termos do acordo financeiro entre o clube carioca e a agência de representação de jogadores, que é credora da equipe paulista.

Acordo entre Vasco e Corinthians

De acordo com informações do portal, o valor acordado será quitado em duas parcelas. O Vasco deverá seguir os seguintes acordos:

I. até o dia 22/12/2023, o montante bruto de R$ 9.150.000,00 em favor da ELENKO, sendo R$ 8.169.300,00 referentes ao valor principal, R$ 830.700,00 de multa indenizatória e R$ 150.000,00a título de reembolso das custas processuais;

Pagamentos

Em dezembro do ano passado, o Vasco fechou a aquisição de 60% dos direitos do jogador por 3 milhões de euros (cerca de R$ 16,5 milhões pela cotação da época). O pagamento estava estruturado em seis parcelas de 500 mil euros, com vencimentos programados para fevereiro, abril e maio de 2023, e janeiro, abril e maio de 2024.

O Vasco efetuou apenas o pagamento de uma parcela. Em conformidade com as cláusulas contratuais para casos de inadimplência, o Corinthians antecipou o vencimento das parcelas remanescentes e formalizou junto à Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD) a exigência do pagamento integral da dívida, acrescido de uma multa de 10% e juros de 1% ao mês.

Você também pode gostar:

Recentemente, a Elenko Sports, agência de representação de atletas e credora do Corinthians, firmou um acordo com a diretoria do clube paulista. Conforme o entendimento, todas as cinco parcelas restantes da venda de Lucas Piton serão pagas diretamente à empresa.

Vasco ainda não confirmou se o pagamento da primeira parcela da dívida com o Corinthians já teve seu pagamento efetuado.

Lucas Piton

Lucas Piton destacou-se como um dos principais jogadores do Vasco na temporada de 2023. No contrato de transferência estabelecido com o Corinthians, seu antigo clube, ficou acordado que o clube carioca se comprometeria a adquirir mais 20% de seus direitos econômicos por 1 milhão de euros ao atingir a marca de 50 partidas, seja como titular ou atuando por no mínimo 45 minutos.

Piton encerrou o ano com um total de 49 jogos pelo Vasco: 37 no Brasileirão, todos como titular, dois pela Copa do Brasil e mais dez no Campeonato Carioca.

Valor recebido pelo Corinthians

Vale destacar que o Corinthians ficará com menos de 20% dos mais de R$ 16 milhões referentes à venda do lateral-esquerdo Lucas Piton para o Vasco.

Das seis parcelas acordadas, o time paulista receberá apenas uma. Ou seja, embolsará o valor de R$ 2,7 milhões, o que representa menos de 20% do montante total do negócio. Segundo o ge, essa parcela já foi integralmente recebida. As próximas cinco parcelas serão pagas à Elenko Sports.

Na ocasião da negociação, o Corinthians transferiu 60% dos direitos econômicos do jogador, retendo os 40% restantes. Contrariando as informações iniciais, o time paulista não receberá integralmente o valor da transferência, uma vez que ficará com apenas uma parcela. Lucas Piton assinou contrato com o Vasco até o final de 2026.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.