MAIOR naming rights do Brasil, Pacaembu fecha contrato de R$ 1 BI

Allegra Anuncia Acordo de Naming Rights com o Pacaembu

A Allegra Pacaembu, empresa detentora da concessão do Pacaembu, divulgou hoje um acordo de naming rights com o Mercado Livre. A partir de agora, o estádio será conhecido como Mercado Livre Arena Pacaembu.

MAIOR naming rights do Brasil, Pacaembu fecha contrato de R$ 1 BI

Contrato Pode Superar R$ 1 Bilhão

Segundo Fernando Yunes, vice-presidente sênior e líder do Mercado Livre no Brasil, o contrato estipulado pode se estender por até 30 anos, envolvendo um investimento total que pode ultrapassar R$ 1 bilhão.

“Anúncio superimportante para nós. Representa um de nossos maiores investimentos no Brasil no ano. Agora nos associamos ao Pacaembu. Contrato de naming rights do estádio, que se chamará Mercado Livre Arena Pacaembu” – anunciou Fernando Yunes, líder do Mercado Livre no Brasil.

Clubes Confirmam Acordos de Utilização

Durante a coletiva de imprensa, Eduardo Barella, CEO da Allegra, confirmou que clubes como Cruzeiro, São Paulo e Santos têm acordos para utilizar o estádio, além de estar em negociação com outras equipes.

“Momento especial para nós e para o Pacaembu. Momento único na história do complexo. Desde que iniciamos tudo em 2021, investimos mais de R$ 600 milhões” – disse.

Mercado Livre e o Esporte

Fernando Yunes destacou a importância do Pacaembu no cenário esportivo e revelou planos mais amplos de associação ao esporte. Além do naming rights, o Mercado Livre patrocina o Flamengo e a Conmebol. O complexo do Pacaembu também contará com um centro de convenções chamado de Mercado Pago Hall, oferecendo benefícios exclusivos aos clientes do plano Meli+.

Detalhes do Investimento Não Revelados

Embora os detalhes do investimento não tenham sido divulgados, o contrato inicial tem garantia de cinco anos, renováveis por mais cinco, com a intenção de estender a parceria por até 30 anos, sem necessidade de renegociações periódicas.

“Investimento de R$ 1 bilhão. Passou razoavelmente até, e pode chegar a 30 anos. É maior contrato de naming rights feito no Brasil” – detalhou o líder da empresa.

Reabertura e Novidades no Pacaembu

Fechado em 2020, o estádio passou por obras, sendo utilizado como hospital de campanha devido à pandemia. A previsão é que o complexo esteja concluído em junho deste ano, com uma abertura gradual ao longo do primeiro semestre. A capacidade será reduzida para 26 mil pessoas, com a demolição do Tobogã e a construção de um prédio multiuso que incluirá hotel, centro de convenções, lojas e restaurantes.

Respeito ao Patrimônio Histórico

Eduardo Barella assegurou o respeito ao patrimônio histórico, mantendo a fachada do estádio com o nome Pacaembu, enquanto a marca Mercado Livre será exibida em mais de 70 pontos do complexo.

“Total respeito ao patrimônio histórico. O naming rights era previsto na concessão, e a fachada com o nome do estádio será mantida, enquanto a marca Mercado Livre estará exposta em mais de 70 pontos do complexo” – completou.

Leia mais: Federação irá divulgar local da FINAL da Copinha 2024, não vai ser no Pacaembu

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.