Com um a mais Fortaleza não segura o Cruzeiro e apenas EMPATA NO Castelão

Na segunda rodada do Brasileirão entre Fortaleza e Cruzeiro tudo igual, a Raposa mostrou sua resiliência mais uma vez ao reagir na reta final da partida, mesmo com um jogador a menos, alcançando o empate por 1 a 1 com na Arena Castelão.

Quem balançou as Redes

O gol da Raposa foi assinalado por Mateus Vital, enquanto Hércules foi o responsável por balançar as redes em favor do Leão do Pici.

Tabela e Próximos jogos

Com esse resultado, o Fortaleza soma agora quatro pontos na tabela. Da mesma forma, o Cruzeiro também atingiu a mesma pontuação que o time cearense.

Agora, o foco do Leão do Pici se volta para a Copa do Nordeste. O confronto contra o Criciúma, válido pela 3ª rodada do Brasileirão, foi adiado.
No domingo (21), às 19h (horário de Brasília), o Fortaleza enfrenta o Altos-PI pelas quartas de final da competição regional. Enquanto isso, o Cruzeiro retorna aos gramados no sábado (20) para o clássico mineiro contra o Atlético-MG, pela 3ª rodada do Brasileirão, com início às 21h.

Fortaleza domina enquanto Cruzeiro falha

Você também pode gostar:
Fortaleza 1 x 1 Cruzeiro
Foto: Divulgação Cruzeiro

O embate teve início cauteloso, com ambas as equipes adotando posturas defensivas. No entanto, as brechas concedidas nos primeiros minutos eram exploradas em rápidas investidas. O momento de maior perigo surgiu aos 12 minutos, quando Rafa Silva cabeceou forte em um escanteio, forçando João Ricardo a fazer uma defesa espetacular. O Fortaleza respondeu aos 15, com um chute elevado de Yago Pikachu.

À medida que o tempo avançava, o Fortaleza ganhava terreno e mantinha pressão no campo adversário. Essa intensidade ofensiva foi recompensada aos 18 minutos, quando Hércules aproveitou um rebote após cobrança de escanteio de Yago Pikachu e acertou um belo chute no canto de Anderson, abrindo o placar.

Apesar de estar em desvantagem, a Raposa não alterou sua postura, só conseguindo a posse de bola quando o Fortaleza permitia. Mesmo assim, com a marcação cerrada do time cearense, os mineiros tinham poucas oportunidades de gol, como aos 37 minutos, em um cabeceio de João Marcelo que passou perto da trave.

Enquanto isso, o Fortaleza parecia perigoso sempre que avançava. Logo em seguida, em um contra-ataque rápido, a equipe cearense esteve perto de marcar novamente, desta vez com Hércules.
O jogo ganhou ritmo e, aos 39 minutos, após uma jogada habilidosa e rápida de Arthur Gomes, Rafa Silva pegou o rebote sem ângulo, mas a defesa do Leão conseguiu evitar o gol.

Ficou a impressão de que o Fortaleza conseguia chegar ao ataque com facilidade quando queria, enquanto o Cruzeiro se destacava nos momentos em que se retraiu. Foi um primeiro tempo decidido nos detalhes, como era de se esperar.

Cruzeiro desperdiça oportunidades enquanto Fortaleza segura a pressão

Aos cinco minutos do segundo tempo, o Cruzeiro tentou um ataque rápido liderado por Matheus Pereira, mas a jogada resultou apenas em um escanteio, sem oferecer perigo real, apesar da defesa de João Ricardo em um chute fácil.
A equipe celeste voltou a ameaçar aos 18 minutos, quando Matheus Pereira fez um belo passe para Gabriel Veron, que substituiu Ramiro, porém o jogador, em uma posição favorável, chutou desequilibrado para fora, perdendo uma oportunidade clara de gol.

O Fortaleza teve uma chance aos 25 minutos, em um lance de escanteio semelhante ao gol de Hércules. Após o cruzamento, Lucero, sem marcação, chutou da entrada da área, mas João Marcelo salvou o Cruzeiro.

Aos 28 minutos, Barreal, que entrou no lugar de Arthur Gomes, quase marcou de fora da área.
O Cruzeiro continuou pressionando no segundo tempo. Aos 30 minutos, Barreal fez um ótimo passe para Marlon, que cruzou na cabeça de Rafael Elias Papagaio, forçando João Ricardo a fazer uma grande defesa.

O Fortaleza respondeu com perigo em uma falta cobrada por Moisés, que Anderson defendeu.
Romero é expulso e desfalca o Cruzeiro no clássico

Uma má notícia para Fernando Seabra foi a expulsão de Lucas Romero, aos 41 minutos do segundo tempo. O jogador recebeu o segundo cartão amarelo após cometer uma falta dura no adversário, o que o deixa de fora do clássico contra o Atlético-MG.

Mateus Vital garante empate para o Cruzeiro

Mesmo com um jogador a menos, o Cruzeiro persistiu e conseguiu empatar com Mateus Vital, que entrou no lugar de Lucas Silva. É importante destacar que, no momento do gol, a equipe celeste tinha apenas um zagueiro em campo, já que Seabra substituiu Neris por Robert. Foi o próprio Robert que criou a oportunidade para o gol.

Robert avançou, não desistiu e, após um rebote, a bola sobrou para Mateus Vital, que finalizou com força, sem chance de defesa para João Ricardo.

Vital quase virou o jogo com um chute de fora da área, mas João Ricardo fez uma defesa espetacular. Após esse lance, pouco mais aconteceu, e após o apito final, a torcida do Fortaleza expressou sua insatisfação.

Leia mais: Cirúrgico o Fortaleza VENCE o São Paulo no MorumBis

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.